A Missão Cristã Hoje por John Stott (Português)

STOTT, John R. W., La misión Cristiana hoy. Buenos Aires: Ediciones Certeza, 1977

Todos os cristãos independentemente da cultura, nacionalidade ou religião têm um momento em que se perguntam sobre a sua relação com o mundo. O autor do livro relacionou esta relação da igreja com o mundo não cristão em cinco pontos: A missão; a evangelização; o diálogo; a salvação e a conversão.

A missão foi vista durante muito tempo como acto de evangelizar ou converter almas. Quando se fala de um missionário relaciona-se com o acto de pregação, sem no entanto excluir o uso dos métodos de Cristo como o curar e ensinar através de escolas e hospitais como meios de evangelizar. Outro ponto de vista da missão, embora anti-bíblico é o de que Deus é o que obra a evangelização. Isto quer dizer que Deus actua no mundo para proporcionar paz, e a igreja tem de seguir o calendário do mundo tentando servir  as necessidades contemporâneas deste. Uma visão bíblica da missão seria considerar Deus como uma centrifuga que sempre esta estendendo o alcance do seu amor, primeiro através dos profetas logo pelo filho e agora através da sua igreja a quem incumbiu a missão de pregar, ensinar e curar.

A evangelização é a parte mais importante da missão da igreja nesta terra. A evangelização por muito que alguns pensem assim não está relacionada com quem recebe a mensagem nem com os resultados da mensagem difundida. A evangelização está somente relacionada com a mensagem que está a ser pregada aos supostamente não cristãos. A mensagem da evangelização está relacionada com a pessoa de Cristo, que oferece vida eterna através do seu sacrifício que também nos dá acesso ao perdão. A evangelização é a proclamação das boas novas de salvação através de Cristo Jesus.

O diálogo é de suma importância na evangelização. Através do dialogo podemos partilhar de uma maneira mais eficaz as boas novas que fomos incumbidos de anunciar. O dialogo não pressupõe apenas falar, mas sim também escutar. Através do dialogo podemos baixar ao nível dos ouvintes e responder de formas mais eficaz as suas duvidas e debilidades. Através do dialogo tornamo-nos mais credíveis do que num púlpito onde não nos damos a conhecer.

A mensagem cristã é uma mensagem de salvação. Deus desde o principio do tempo entreviu na historia deste mundo para fazer uma obra de salvação, para libertar-nos deste mundo de cativeiro e levar-nos para um mundo melhor. A salvação concede ao homem liberdade. A salvação não está relacionada com a salvação dos problemas econômicos ou políticos como alguns defendem, senão que está relacionada com a salvação e liberação do homem do jugo do pecado através de Cristo. A salvação vai produzir num individuo uma mudança que vai proporcionar também um testemunho sobre a obra de salvação que está a ocorrer no individuo.

A conversão é o passo que segue a recepção do evangelho. Através da conversão o homem aceita a salvação. Primeiramente a conversão representa que o homem se entrega a Cristo, depois à igreja de Cristo e finalmente cooperar com o plano de salvação e estender o serviço ao mundo.

Em todos estes processos não nos podemos no entanto esquecer de que o Espírito Santo é o que impele e capacita o homem para toda esta obra de salvação.

This entry was posted in Evangelización and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s